fbpx

Bem-vindos ao canal Receitas do Gui.

Estou abrindo esse espaço para que possam viajar comigo no mundo da culinária. Aqui vou tentar dar dicas e receitas do que faço normalmente no dia a dia na minha cozinha. Serão postagens quinzenais com algumas receitas.

Espero que gostem.

E se você tiver alguma receita que queira que eu faça aqui, ou ao vivo lá no nosso Instagram, @viajarmaisaos50, é só pedir… Valeu…

O mundo da alquimia da culinária é um mundo misterioso, criterioso e o melhor, saboroso. Acredito que todos são capazes de aprender e se embrenhar nesse mundo, vem comigo…

Hoje passarei uma receita …

Comecemos pelo pesto – Alguém me perguntaria, o que é pesto? Passo aqui uma pequena explicação.

Pesto: molho italiano, do norte da Itália, que é composto tradicionalmente de folhas de manjericão moídas com pinhões, podem ser substituídos por nozes ou avelãs, (o meu foi de nozes) alho e sal, queijo parmesão ou pecorino ralados e no fim misturados com azeite extra virgem e temperado com pimenta do reino preta.

Primeiro vamos ao “mise en place”, é uma expressão em francês, que significa literalmente “posta no lugar”. Ou seja, é simplesmente deixar todos ingredientes e elementos da receita prontinhos já no jeito para que você execute sua receita corretamente (vocês irão ver eu usar muito essa expressão, pois arrumar os ingredientes é tudo para um preparo certo – DICA: Não deixe para ir pegando os ingredientes enquanto faz a receita, SEPARE TUDO).

INGREDIENTES:

– 600 g de filé mignon cortados em bifes grossos (06);

– 80 g de cogumelos paris;

– 01 ½ taça de vinho tinto seco (use o vinho que você está bebendo, quando se faz um prato não fica de murrinhagem com especiarias e afins);

– 01 cebola média roxa;

– 03 dentes de alho (grande);

– 360 g de macarrão tipo linguine – (aquele macarrão chatinho que parece espaguete)

– 01 maço de manjericão;

– 01 copo (200 ml) de azeite EXTRA VIRGEM;

– 100 g de nozes (caso encontre pinhões, faça e veja que experiência única);

– 100 g de queijo pecorino (no caso de não encontrar pode ser com UM BOM QUEIJO PARMESÃO);

– 02 colheres de manteiga sem sal;

– Sal e pimenta do reino preta (preferência moída na hora) a gosto;

Ufa… Agora vamos ao preparo… Separou tudo? Fácil né? Parece muita coisa complicada mas os detalhes fazem a diferença.

Primeiro vamos preparar o “pesto” – em um mixer coloque as nozes, o azeite (aos poucos), sal, pimenta e as folhas do manjericão (não aconselho colocarem os talos, fica um toque meio grotesco na boca) e processe tudo (pode usar o liquidificador também) – Pronto seu pesto está pronto…. Fácil né???

Com o pesto pronto agora coloque uma panela com 03 litros de água para cozinhar o macarrão e deixe ferver…

Enquanto a água ferve, vamos preparar os outros ingredientes: Os cogumelos paris você precisa tirar 50% (ou seja, meio) do talo e cortá-los em fatias, para os gourmet’s de plantão por volta de 0,05 mm mas só corta tá pessoal??!!!

A cebola você vai usar ela inteira e corte em fatias finas, o mais fino que conseguir, eu uso um cortador de legumes que facilita minha vida.

Os dentes de alho amassem até obter uma massa liquefeita, pasta mesmo…

Pegue os filés e tempere com sal e pimenta do reino (moída na hora – preferência (pois dá um sabor mais presente)) eu coloco pelo menos 01 ½ de alho (da pasta) esfregando nos filés e deixe ali por 10 minutos absorvendo o tempero (ou como diriam a marinada (não concordo muito, mas… quem sou eu?!!!); depois de descansar, em uma frigideira frite-os em manteiga por tempo suficiente de cada lado para que fiquem com uma crosta crocante por fora e levemente avermelhados por dentro (não existe um tempo determinado (05, 10 min) pois altitude, quantidade de fogo do seu fogão e etc. influenciam muito o calor, mais uma DICA: deixe a frigideira esquentar ao máximo antes de colocar a manteiga e, quando estiver quente, (mas muito quente mesmo) coloque a manteiga e em seguida (tem que ser em seguida senão a manteiga queima) os filés para fritar. Depois de fritos retire da frigideira e então coloque a cebola para dourar com o restante da manteiga que sobrou e o alho, quando estiver levemente dourada coloque os cogumelos já fatiados, salteie e assim que esbranquiçarem um pouco coloque o vinho, de uma mexida e em fogo baixo deixe reduzir.

Neste momento a água está fervente, então coloque sal na água e em seguida o linguine, DICA: não coloque nenhum tipo de óleo na água, pois isso faz que o macarrão fique com uma película protetora que não deixa o molho entrar nele. O tempo? Bem, eu gosto de al dente, mas faça do jeito que lhe agrada, se for receber eu sugiro que faça al dente, então, ao meu gosto de meus convidados, sempre faço com 07 a 10 minutos (vá testando). Depois tire escorra e em seguida coloque a pasta ou melhor o pesto sobre o linguine e mexa de forma delicada para que o pesto envolva toda a massa. Pronto Linguine com Pesto PRONTO!!!!

Para finalizar o filé, após o molho ter reduzido (pelo menos 1/3) coloque sobre os filés e BOM APETITE…

Viu não é nada assim … Bicho de 07 cabeças …. Mas se desejar que eu mande uma aula prática, passo a passo em filmagem, peça aqui no Blog, ou até outra receita, agora hoje é isso … Valeu e até a próxima RECEITA DO GUI #guigourmet

RECEITA DE LINGUINE AO PESTO


0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou do blog? Tem mais por aí :)